Soltar o verbo nas redes sociais pode render processo

Pode não parecer, mas os crimes virtuais são cada vez mais comuns na internet, sobretudo nas redes sociais. Com mais de 900 milhões de usuários, o facebook é uma febre em todo mundo. No entanto, o mau uso desta rede social pode fazer de você um algoz ou mesmo uma vítima. Os crimes virtuais são aqueles cometidos através da internet e que geralmente atentam contra a honra e a dignidade de pessoas ou instituições. Isto porque, a internet é um meio fácil, para não dizer covarde, de propagação de inverdades e ofensas. A calúnia, a injúria e a difamação realizadas por esse meio a partir de agora são noticiados nas Delegacias Especializadas de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) e podem culminar com a condenação do Autor.

Para quem considera o vasto universo virtual como um mundo do “vale tudo” será responsabilizado tal como ocorre no mundo não virtual. Segundo o promotor de Justiça, Dr. Fernando Fernandes Fraga, aqueles que acreditam que o anonimato ou a utilização de pseudônimos é garantia de impunidade, estão redondamente enganados. Isto porque, há meios de identificar a origem da ofensa através do rastreamento do Protocolo de Identificação (IP) do computador. Segundo ele, é preciso pensar duas vezes, antes de lançar na internet artifícios ilícitos, chantagens de todo o tipo e a divulgação de fatos sem provas, objetivando produzir danos e prejuízos em instituições ou pessoas.

Em suma, somos responsáveis por tudo que escrevemos ou praticamos na internet ou fora dela. Pensar sempre antes de destilar rancores, mágoas e frustações pessoais ou de grupos na web. Constantemente o jurídico sindical é procurado para atuar em processos contra cirurgiões-dentistas que são réus. Todo cuidado é pouco!